25
dez
10

Cardiology é pastiche de Good Charlotte

Pastiche pode ser definido como uma colcha de retalhos, uma mistura que faz alusão à alguma coisa (texto, música, arte etc.) É uma recorrência a um gênero e por isso pode ser tratado de forma pejorativa ou positiva. O novo álbum do Good Charlotte, Cardiology, é exatamente isso: pastiche de Good Charlotte!

Como todos os álbuns do Good Charlotte, Cardiology não poderia ser diferente: a tão esperada introdução. Dessa vez, a banda produziu um começo sereno, angelical e até mesmo misterioso; mas não tão empolgante como os anteriores. De quebra, fecha com a canção que leva o nome do álbum, que é a introdução somada à composição completa. A letra trata do mistério que é o amor: “existe uma fórmula que serve para explicar o que pode te fazer se sentir tão bem / Traz tanta dor”.

https://misaelmainetti.files.wordpress.com/2010/12/2681.jpg?w=300

O disco passeia por todos os álbuns do Good Charlotte, principalmente pelo último, Good morning revival, porém de modo mais seco. Os efeitos eletrônicos de teclado continuam, mas menos intensos. Isso resulta  no pastiche Good morning revival e The young and the hopeless. Prova disso é a música de trabalho, Like it’s her birthday.

https://i1.wp.com/popawesome.com/wp-content/uploads/2010/08/good-charlotte-like-its-her-birthday-art.jpg

Essa mistura (des)ordenada entre a diversão do eletrônico e as batidas rápidas do pop punk (entenda do pop punk e não do hard core) estão nas músicas Let the music play, Silver screen romance, Like it’s her birthday, Last nigh e Sex on the radio (essa última, próximo clipe da banda).

Quem é fã de Good Charlotte reconhece que, ouvindo Couting the days, a sonoridade e a energia lembram muito o The yound and the hopeless. Passam por esse álbum as canções Stading ovation, 1979, There she goes, Right where I belong.

E o Chronicles of life and death consegue seu lugar de forma subliminar, a começar pela capa do disco. As canções Alive e Cardiology são as que mais recordam a época característica de Chronicles: pseudo sombria e amorosa.

A maioria das letras se dividem na (des)união de falar de amor e diversão. Cardiology talvez seja a fuga da paixão na diversão. Saindo dessa linha, a emocionante Harlow’s song (Can’t dream without you) retrata o amor de Joel Madden, vocalista da banda, que escreveu a canção para sua filha, Harlow.

Cardiology é um álbum essencialmente misturado que resultou em sons que fazem sentido por partes e não pelo todo; um pastiche de Good Charlotte.

@misaelmainetti

Anúncios

6 Responses to “Cardiology é pastiche de Good Charlotte”


  1. 27 de dezembro de 2010 às 1:04 pm

    Misa, eu só escutei Like it´s her birthday desse album.
    Mais é muito boa essa música. E imagino que o album todo seja muito bom.
    Você escrevendo sobre GC me lembra os velhos tempos.
    Ainda vamos em um show deles.
    Você verá.
    uhuuu

    É noses caraa..
    abrazz

    • 27 de dezembro de 2010 às 1:45 pm

      Like it’s her birthday é ótima. Na minha opinião, é bem “Good morning revival”, mas com batidas menos intensas.

      Acredito que esse álbum é pastiche, não tem uma característica específica como todos os outros.

      Sim, precisamos de um show deles. Queria muito ter visto a Good morning revival tour. Fica pra próxima, rs.

      Abs e obg. por passar aqui!

  2. 3 gabytheodoro
    28 de dezembro de 2010 às 4:56 pm

    Misa, como sempre, adoro ler seus textos.
    Escutei ontem a tarde o novo CD, Cardiology, só um sentimento passou em minha cabeça: saudades.
    Nossa, realmente o novo álbum é pastiche de GC. Senti-me nostalgica, como o Ju disse, dos tempos em que eu passava a tarde inteira simplesmente sem fazer nada, ouvindo Cópia de Cd do Good Charlotte. Bons tempos. Adorei o novo disco, estou pensando em gastar meu suado dinheiro em um álbum. Valerá a pena.
    Percebi que está mais eletrônico, talvez melódico, menos punk. Mas não deixa de ser Good Charlotte. Quem sabe não teremos a oportunidade de irmos em um show deles ano que vem. xD
    Abraços, Misa.

  3. 5 Debora
    28 de dezembro de 2010 às 10:03 pm

    Misa, eu acho que, como eu ja te disse, sim, este CD esta trazendo um pouco e o que de melhor tem os outros albuns do GC, é uma juncao muito bem feita de tudo que é e tudo que um dia foi Good Charlotte.
    Adorei o album, e depois de escuta-lo repetidas vezes, posso dizer que agora é o meu preferido.
    Acho que eles conseguiram evoluir muito como banda, nao é facil fazer um album que ao mesmo tempo mostre exatamente o que é o GC, e ao mesmo tempo ser diferente, incorporando as partes boas da “mudanca”. Eles mantiveram a identidade deles, mudando, evoluindo. E sim, é uma contradicao.
    Filosofando um pouco, podemos comparar o album com nos mesmos, eu e voce, eternos fans, The yong and the hopless foi perfeito pra aquela epoca, pra aqueles momentos, se encaixava com a gente. Agora, depois de anos, depois de tanta coisa, tanta mudanca, tem o Cardiology, que desperta os mesmos sentimentos, de uma forma mais madura, igual mais diferente.
    Acho que voce vai entender o que eu quis dizer.
    Enfim, espero muito poder ver um show dessa turne deles. Com voce dessa vez hehe.
    Adorei a musica numero nove do CD, Alive. Se tornou a minha musica preferida desde a primeira vez que eu escutei, talvez, porque como voce disse, lembra muito o The Chonicles of Life and death, meu entao album predileto ate agora (mas sempre minha eterna paixao).
    Acho que e isso, desculpa a falta de acentos, esse pc nao tem.

    Gostei do que voce escreveu. =D
    Beijos

    • 29 de dezembro de 2010 às 9:39 am

      Eu entendi o que você quis dizer – a vivência de forma mais madura. Bom, para mim, isso ocorreu mesmo em Good morning revival, que é o meu preferido. Cardiology está aí: um bom trabalho do GC, porém, sem característica específica; mas compreendi sua opinião. Valeu por passar aqui!

      BeiijaoooOO!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Vanguarda

dezembro 2010
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Twitter

Fucking visits

  • 20,501 hits

É importante: Planeta Terra e sustentabilidade


%d blogueiros gostam disto: