12
nov
10

Freud não explicou

“Afinal, o que querem as mulheres?”. Essa foi a pergunta do pai da psicanálise, Sigmund Freud. A psicanálise, uma técnica da psicoterapia, é um método de investigação do cérebro e de seu funcionamento, bem como do comportamento do ser humano.

Lívia Monteiro (Paola Oliveira) é artista plástica. Namorada de André (Michel Melamed) há cinco anos, vive com o escritor em um apartamento em Copacabana. Inteligente e equilibrada, tem um temperamento discretamente romântico, mas não costuma discutir a relação. Apesar de ser doce, é uma mulher decidida. É o grande amor de André.

A Rede Globo, de um tempo para cá, está apostando bastante em “sit cons”, mini séries e séries e, dessa vez, trouxe ao telespectador o que há de mais intrigante nas relações humanas: o psicodelismo da progesterona. Afinal, o que tanto querem as leoas / gatinhas?

Luiz Fernando de Carvalho, depois de dirigir Capitu (Rede Globo, 2008), baseado na obra de Machado de Assis (Dom Casmurro), deve ter ficado intrigado sobre o mistério dos olhos de ressaca de Capitu. Bentinho que o diga. Talvez Luiz Fernando, depois de vários estudos, deva saber um pouco do que realmente aconteceu entre o casal? Não. Acredito que não.

André Newmann (Michel Melamed) é escritor e está terminando sua tese de doutorado em Psicologia, que pretende responder a pergunta freudiana “Afinal, o que querem as mulheres?”. Com senso de humor muito próprio, o psicólogo mistura a pesquisa a sua própria vida. Sua dedicação ao estudo é tanta, que ele acaba se afastando e sendo abandonado por seu grande amor, Lívia (Paola Oliveira). A publicação de seu livro, entretanto, é um sucesso. A fama e a ideia de que ele compreende as mulheres lançam André a inúmeras e mais variadas pretendentes, porém nada disso é capaz de fazê-lo esquecer Lívia.

Afinal, o que querem as mulheres? Essa é a pergunta que André Newmann (Michel Melamed – foto acima), jovem escritor e psicólogo, faz a si mesmo e busca as respostas incessantemente. Para escrever seu doutorado, André, esquizofrenicamente, começa a entrevistar várias mulheres. As respostas são as mais diversas, como bem deveria ser. Mas essa busca incessante por respostas “sem respostas concretas” faz ele perder a sua própria dúvida, ou esposa, Lívia (Paola Oliveira). A série conta ainda com a ajuda do psicanalista, Dr. Klein (Osmar Prado), da mãe de André, Celeste (Vera Fischer), além de várias outras participações.

Só fica a dúvida: será que André conseguirá explicar o que realmente as mulheres querem? Freud não explicou.

O site (vale a pena conferir): http://afinaloquequeremasmulheres.globo.com / A série vai ao ar às quintas-feiras, por volta das 23h.

Imagens, luzes e falas

São esquizofrênicas as luzes utilizadas na série, bem como as falas e as imagens. Há várias luzes utilizadas para as várias sensações, como, por exemplo, luzes azuis nos momentos “delirantes”. Psicodelismo é o que não falta na edição e nas falas. Acompanhado do psicodelismo, é impossível não notar o nonsense.

Luiz Fernando de Carvalho

O diretor da série, Luiz Fernando, é cineasta. Formado em Arquitetura e Letras, sempre gostou de desenhar em jornais e revistas. Ainda novo, fez estágio na área do cinema e, desde então, participou de várias produções. Na tevê, principalmente. Estão no currículo produções como Tieta (1989), Irmãos Coragem (1995), O Rei do Gado (1996), Os Maias (2001), Hoje É Dia de Maria (2005) e Capitu (2008).

Anúncios

3 Responses to “Freud não explicou”


  1. 1 Nathalia
    16 de novembro de 2010 às 2:06 pm

    Você conseguiu, mais uma vez, me deixar com vontade de assistir algo que comentou aqui. Parabéns mais uma vez!

    Agora sobre o que as mulheres querem?

    Acredito que nós nao sabemos!

    Beijos

  2. 2 gabytheodoro
    30 de novembro de 2010 às 7:46 pm

    Talvez eu não seja a melhor pessoa pra lhe responder o que realmente as mulheres querem. Mas tem um texto “Mulheres”, de Luis Fernando Veríssimo, que talvez ajude-o a encontrar a resposta ou torná-lo ainda mais inquié
    ito diante dessa pergunta.

    “Certo dia, parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
    Pare para refletir sobre o sexto sentido. Alguém duvida de que ele exista?
    E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presente, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você? E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
    E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião para São Paulo. Só meia hora de voo. Ela fala para você levar um casaco, porque ‘vai fazer frio’. Você não leva. O que acontece? O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, depois de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!
    “Leve um sapato extra na mala, querido. Vai que você pisa numa poça…”
    Se você não levar um ‘sapato extra’, meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado…O sexto sentido não faz sentido! É a comunicação direta com Deus! Assim é muito fácil…
    As mulheres são mães!E preparam, literalmente, gente dentro de si. Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal? E não satisfeitas em gerar a vida, elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
    Fala-se em ‘praga de mãe’, ‘amor de mãe’, ‘coração de mãe’…Tudo isso é meio mágico…Talvez Ele tenha instalado o dispositivo ‘coração de mãe’ nos ‘anjos da guarda’ de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).
    As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravasam? Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm o não sei quê que não quer chorar, uma não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens…É choro feminino…É choro de mulher…
    Já viram como as mulheres conversam com os olhos? Elas conseguem pedir uma a outra para mudar de assunto com apenas um olhar. Elas fazem um comentário sarcástico com o outro olhar. Quantos tipos de olhar existem? Elas conhecem todos…
    Parece que frequentam escolas diferentes das que frequentam os homens! E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
    En-fei-ti-çam! E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas aréas Humanas? Para estudar os homens, é claro! Embora algumas disfarçem e estudem Exatas…
    Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Qualquer um que ama se aproxima de Deus. E com as mulheres também é assim. O amor as leva para perto dele, já que Ele é o próprio amor.
    Por isso dizem ‘estar nas nuvens’, quando apaixonadas.
    É sabido que as mulheres confundem sexo e amor. E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida. Pena que eles nunca verão as mulheres – anjos que têm ao lado. Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo. Mas elas são anjos depois do sexo – amor.
    É nessa hora que elas sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos. E levitam. Algumas até voam. Mas os homens não sabem disso. E nem poderiam.
    Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora…”

    Desculpe- me pelo tamanho do comentário. Mas achei que se encaixava perfeitamente ao seu post!

  3. 3 ANA
    10 de dezembro de 2010 às 5:44 pm

    P… duro e coração mole:)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Vanguarda

novembro 2010
S T Q Q S S D
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Twitter

Fucking visits

  • 20,501 hits

É importante: Planeta Terra e sustentabilidade


%d blogueiros gostam disto: